NOTÍCIAS > Campeonato Internacional de Tênis de Santos - 3ª edição
21 de
Abr de
2013
Gastão Elias é campeão do Campeonato Internacional de Tênis de Santos
Às 13h59
Foto: Wander Roberto/Inova Foto

O tenista português Gastão Elias, 22 anos,133o da ATP treinado pelo brasileiro Jaime Oncins, conquistou neste domingo o título do ATP Challenger de Santos. Elias  derrotou na final o brasileiro Rogério Dutra Silva, atual 97o da ATP por 2 x1(4/6 6/2 6/0) e conquistou o 2o título  de challenger da carreira. O Campeonato Internacional de Tênis de Santos, apresentado pela Santos Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, distribuiu um total de US$ 50 mil em prêmios, mais pontos para o ranking mundial.

A partida - A decisão disputada neste domingo no Tênis Clube de Santos foi a décima partida seguida do brasileiro, campeão na semana passada em Itajaí  e o cansaço pesou nos momentos importantes. Diante de uma quadra central lotada, Rogerinho abriu 4x0 no primeiro set , mas o placar não demonstrou o equilíbrio do jogo, bastante disputado. Rogério fechou o 1o set em 6/4, mas Elias elevou a intensidade do jogo e faltou físico para o brasileiro acompanhar. Apesar da boa fase e do bom tênis demonstrado, Silva não conseguiu superar Gastão Elias que venceu os segundo e terceiro sets por 6/2 e 6/0 e conquistou o troféu do Campeonato Internacional de Tênis de Santos.

“O placar do jogo em alguns momentos não mostrou o equilíbrio dentro de quadra. O Rogério está jogando muito bem e acredito que o mais importante foi manter a intensidade alta durante todo o jogo, para segurar os dois últimos sets. Ele vem jogando muito bem e qualquer oportunidade ele aproveitaria”, explicou Elias.

Prêmio e Ranking - Torcedor do Corinthians, o português tem no currículo dois títulos de torneios nível Challenger, os dois conquistados no Brasil. “Só por isso já dá para ver que me sinto muito em casa aqui”, brincou Elias durante a comemoração que já incluiu a conquista do melhor ranking da carreira a ser divulgado na próxima segunda-feira. Atualmente como o 133o da lista, com o título ele vai somar 80 pontos no ranking mundial e deve se aproximar do 110o colocado. O português embolsou ainda US$ 5 mil em prêmios.

“Fico muito feliz, gosto muito de jogar aqui em Santos e ganhar meu primeiro troféu do ano aqui foi muito especial, espero seguir assim durante a temporada”, falou o campeão, que depois do IS Open em São Paulo na próxima semana, segue para a Europa onde espera um convite para o ATP de Portugal.

“Meu objetivo nesta temporada é o top 100 e entrar na chave de Wimbledon, depois estabeleço novas metas”, concluiu.

ROGéRIO DUTRA SILVA PERDE MAS ATINGE MELHOR RANKING DA CARREIRA SEM TÉCNICO

Rogério Silva, que chegou no Campeonato Internacional de Tênis de Santos como 97o da ATP, deve aparecer na lista de amanhã abaixo dos 90 primeiros, seu melhor ranking na carreira. Depois de duas semanas de alto nível de tênis e muita concentração, o cansaço pesou, mas Rogerinho soube aproveitar o bom momento para contabilizar os pontos que vão mudar seu calendário daqui para frente. “ Vou jogar em São Paulo, mas depois sigo para os ATPS de Madrid, Roma, Nice e Roland Garros, vou tentar aproveitar esse ranking para jogar os ATPs”. Rogério está sem técnico depois do fim do projeto Rio 2016. Ele treinava na Academia Larri Passos dentro do projeto Rio 2016 e em Santos contou com a ajuda do técnico do Brasil na Davis, João Zwetsch.

GASTÃO ELIAS TAMBÉM É VICE-CAMPEÃO DE DUPLAS

O eslovaco Pavol Cervenak e o italiano Matteo Viola são campeões do Campeonato Internacional de Tênis de Santos, apresentado pela Santos Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

Jogando juntos pela primeira vez, eles venceram o brasileiro Guilherme Clezar e o português Gastão Elias por 6/2 4/6 10/6.

Pelo título no ATP Challenger, a dupla ganhou 80 pontos no ranking da ATP e o prêmio de US$ 5 mil.

“Estou muito feliz, esta foi a primeira vez que jogamos juntos e já ganhamos o título”, falou Viola.

Clezar e Elias, pelo vice-campeonato, somam 48 pontos e US$ 3 mil.

A terceira edição do Campeonato Internacional de Tênis de Santos é apresentada pela Santos Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, com o patrocínio de Itaú, Comgás, Rumo Logística, Amil, Teleperformance e Stella Artois, além do apoio do ATP Challenger Tour, Federação Paulista de Tênis, Tênis Clube de Santos, Prefeitura de Santos, por meio da Secretaria de Esportes da cidade e A Tribuna.