NOTÍCIAS > Campeonato Internacional de Tênis de Santos - 2ª edição
17 de
Abr de
2012
Argentinos surpreendem no Campeonato Internacional de Tênis de Santos
Às 21h43
Foto: Walter Roberto/Inovafoto

Nova geração de “hermanos” desbancam favoritismo brasileiro e dominam a chave
Programação desta quarta-feira tem início marcado para às 12 horas


Tradicionais rivais dos brasileiros, os argentinos chegaram com força total no Campeonato Internacional de Santos e nesta terça-feira mostraram que uma nova geração está pronta para seguir os passos de Juan Del Potro, Juan Mônaco e Juan Ignácio Chela.
A garotada que veio da Argentina eliminou favoritos e garantiu vaga na segunda rodada, onde já são pelo menos sete.

Com apenas 19 anos, Facundo Arguello, 244 do mundo tirou da competição o principal favorito , 99o  da lista mundial e atual campeão do torneio, João Olavo Souza, o Feijão, em dois sets, parciais de 7/6(8) 6/1. Ao final da partida Feijão elogiou o adversário. “Ele jogou muito bem, se movimentou muito em quadra e não cometeu erros”. Em contrapartida, Arguello que já fez duas finais de challenger nesta temporada, destacou a imprecisão do brasileiro em quadra.

Outro confronto entre Brasil e Argentina, também teve vitória dos vizinhos. Guido Pella, considerado uma das revelações daquele país em 2010, derrotou com 6/4 7/5 o paulista Thiago Alves, que admitiu ter jogado muito bem e vem de duas vitórias em challenger .
“A diferença da Argentina é que vem aí uma geração inteira forte. Há seis meses essa garotada não ganhava nada e agora já começa a mostrar a que veio. São todos jogadores completos, sem deficiência nos fundamentos. É uma geração unida e eles têm uma base muito forte. Enquanto no Brasil fazemos um jogador, eles fazem 10.”

Pella, que aos 18 anos sofreu a pressão de ser o novo Del Potro, agora aos 21 se sente mais a vontade sabendo que existem outras apostas no tênis argentino. Hoje ele divide a atenção da imprensa com nomes como Arguello, Agustin Vellotti, Marco Trungelliti e Guido Andreozzi. Todos ainda na casa dos 20 anos e firmes no torneio.

“Sinto hoje que estou mais maduro e confiante e que tenho tênis para ir mais longe, porém ganhar ou perder já não me abala,” destacou o argentino que agora enfrentará seu companheiro de treinos Martin Alund. Sobre a partida, disse: “será um espetáculo”.
O Brasil também conta com a geração Rio 2016, e nesta quarta-feira o destaque é João Pedro Sorgi, que ontem protagonizou uma vitória espetacular. Ele enfrentará o experiente Maximo Gonzáles(ARG), ex- 66o da ATP. Outros dois brasileiros jogam amanhã: Ricardo Hocevar  contra Facundo Arguello e Julio Silva  contra o português Gastão Elias.

O Campeonato Internacional de Tênis de Santos é apresentado pela Santos Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte – Ministério do Esporte, com o patrocínio de Itaú, Stella Artois, ASICS, Teleperformance, Comgás e Amil e o apoio de Morpho, Revista IstoÉ Dinheiro, Rio Quente Resorts, Tênis Clube de Santos, Prefeitura e Secretaria de Esportes de Santos, Federação Paulista de Tênis, ATP Challenger Tour, A Tribuna e BandSports. A realização é do Instituto Sports.

Resultados parciais de terça-feira 17/04/2012
Rogério Silva(BRA) d. Enrique Bogo(BRA) 6/0 6/0
Ricardo Hocevar(BRA) d. Matt Reid(AUS) 6/3 7/5
Guido Andreozzi(ARG) d. Enrico Burzi(ITA) 6/4 7/5
Marcel Felder(URU) d. Paul Capdeville(CHI) 7/5 6/7(1)6/3
Maximo Gonzalez(ARG) d. Alberto Brizzi(ITA) 3/6 6/3 7/5
Danir Dzumhur(BIH) d. Blaz Kavcic(SLO) 6/4 4/6 6/4
Facundo Arguello(ARG) d. João Souza(BRA) 7/6(8) 6/1
Marco Trungelliti(RG) d. James Duckworth(AUS) 7/5 4/6 6/4
Martin Alund(ARG) d. Eduardo Struvay(COL) 7/6(4) 3/6 6/3
Guido Pella(ARG) d. Thiago Alves(BRA) 6/4 7/5
Diego Junqueira(ARG) d. Pablo Galdon(ARG) 6/7(3) 7/6(3) 6/1
Agustín Velotti(ARG) d. Felipe Soares(BRA) 1/6 7/6(8) 6/1