NOTÍCIAS > São Paulo Challenger de Tênis 2015
01 de
Mai de
2015
Após batalha de mais de duas horas, Orlandinho encerra campanha no São Paulo Challenger de Tênis
Às 18h03
Foto: João Pires/ Fotojump

Orlandinho cai diante do ex-top 75 do mundo, Guido Pella

Foram duas semanas excelentes para Orlando Luz em seus primeiros ATP Challengers da carreira. Semifinalista em Santos e quadrifinalista no São Paulo Challenger de Tênis, apresentado pelo Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, a jovem promessa do tênis brasileiro superou jogadores do top 200, lotou quadras de tênis no litoral e na capital paulista e mostrou que está preparado para o circuito profissional.

Nesta sexta-feira, depois de conquistar na noite anterior uma vitória com mais de 3h de partida, o gaúcho encarou nova batalha de três sets - 2h39min - contra o ex-top 75 do mundo. O argentino Guido Pella que venceu Orlandinho com 6/4, 6/7 (6) e 7/5 nas quartas de final do torneio que distribui US$ 50 mil em prêmios.

Mais uma vez, o gaúcho teve uma grande atuação em quadra, salvou quatro match points e mostrou coragem nos momentos de pressão. "Hoje saquei mal e nos momentos difíceis não joguei bem. Por outro lado, sei que estou no nível desses caras, tive uma grande evolução nessas duas semanas, mas ainda tenho que treinar muito para continuar melhorando", explicou o tenista de 17 anos, que em duas semanas conseguiu escalar mais de 400 posições no ranking mundial. O tenista gaúcho deve aparecer entre os 550 melhores do mundo a partir da próxima semana.

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM ORLANDINHO E PELLA:

https://youtu.be/bjc3a6mEQ0I. Se você, jornalista, quiser receber os vídeos do Sao Paulo Challenger de Tenis, envie um e-mail para imprensa@institutosports.com.br

Apesar dos bons resultados que conquistou nas últimas duas semanas, Orlandinho não vai mudar a programação e vai disputar torneios juvenis internacionais nas próximas semanas.

"Agora vou treinar durante duas semanas para jogar três torneios juvenis na Europa, entre eles Roland Garros. As pessoas acham que eu vou disparar no ranking do nada, mas ainda tenho que treinar bastante para evoluir", contou o tenista, atualmente na 626ª colocação.

Após a partida, Guido Pella reconheceu que Orlandinho tem muito talento e definiu o jovem tenista em algumas palavras.

"Orlando joga um tênis incrível. É um jogador que faz tudo muito bem. Não tem nenhum golpe ruim, é muito valente. Não tem medo em nenhuma situação. Sentiu a pressão em um ou outro game, mas isso é normal. Há muito tempo que não vejo alguém no Brasil jogando assim. Acho que se ele continuar assim, vai chegar muito longe", falou Pella, que aguarda a definição de seu adversário da semifinal que sairá do duelo entre Rogério Dutra Silva e o dominicano José Hernandez-Fernandez.

Lindell está na semifinal

O sueco Christian Lindell, que atingiu seu melhor ranking nesta semana, na 222ª posição, comprovou a boa fase e venceu o chileno Gonzalo Lama, por 6/1 e 6/3 nas quartas de final do SP Challenger de Tênis. Esta é sua segunda semifinal de Challenger da carreira do sueco.

"Estou muito feliz em estar na semi depois de cinco anos. Eu tinha treinado com o Lama na semana passada em Santos, então sabia como tinha que jogar. Hoje, ele não conseguiu achar nenhum buraco no meu jogo, tive uma ótima disciplina tática, deu tudo certo", comemorou.

Após a vitória no Clube Paineiras do Morumby, Lindell comentou sobre a fase difícil que estava passando na carreira há alguns meses. Ele explicou sobre como sua derrota na Copa Davis em março deste ano na Suécia atrapalhou seu desempenho nas quadras nos outros torneios.

"Este ano fiquei abalado depois de perder um jogo da Davis, no último jogo do confronto da Suécia contra a Áustria. Acho que foi o jogo mais importante da minha carreira. Entrei em quadra para o jogo decisivo e perdi fácil. Com certeza, foi um dos motivos que me atrapalhou mentalmente para os outros torneios", lembrou Lindell sobre a partida em que foi superado pelo austríaco Gerald Melzer, por 6/1, 6/1 e 6/3.

"Depois disso, vivi momentos complicados, os resultados não vinham. Mas nunca deixei de treinar duro e acreditar que poderia voltar a vencer", disse Lindell que enfrenta na semifinal o argentino Guido Andreozzi, neste sábado.

 

São Paulo Challenger de Tênis

ATP Challenger - US$ 50 mil

Período: de 25 de abril a 3 de maio de 2015

Local: Avenida Doutor Alberto Penteado, 605 - Morumbi - São Paulo

Entrada gratuita

 

TRANSMISSÃO DAS PARTIDAS - A entrada no Paineiras é gratuita, porém todos os jogos podem ser acompanhados ponto a ponto pelo Live Score do site da ATP (www.atpworldtour.com). Imagens dos confrontos da chave principal, disputados nas quadras central e 1, têm transmissão pelo LiveStream da ATP (new.livestream.com/atp).

SITE, TWITTER, FACEBOOK e INSTAGRAM - Informações sobre o evento também podem ser acompanhadas pelo site (www.institutosports.com.br), twitter (@institutosports) e facebook (/institutosports). Imagens serão postadas no Instagram "Instituto Sports". A hashtag oficial do evento é: #spatpchallenger

O São Paulo Challenger de Tênis é apresentado pela Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, com co-patrocínio da Azul - a transportadora oficial, Algar, Alupar, Taesa, Estácio, Stella Artois e apoio da Sonne, EntregamoSaúde, Clube Paineiras do Morumby e ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports