NOTÍCIAS > Vivo Tennis Cup
23 de
Dez de
2015
Em ano olímpico, Rio de Janeiro abre a temporada 2016 com a Vivo Tennis Cup
Às 12h35
Foto: João Pires/ Fotojump

João Souza, o Feijão, irá disputar o ATP Challenger em janeiro

Sede dos Jogos Olímpicos em 2016, o Rio de Janeiro recebe, entre 16 a 24 de janeiro, a Vivo Tennis Cup, competição do calendário ATP Challenger Tour que vale pontos para o ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e com premiação de US$ 50 mil (equivalente a R$ 198 mil). Nesta primeira edição, o torneio será disputado no Clube Marapendi, localizado na Barra da Tijuca e antiga sede dos Jogos Pan-Americanos 2007.

A Vivo Tennis Cup integra a gira latino-americana de quatro torneios sobre o saibro e em sequência na Argentina, Brasil e Colômbia. Grandes nomes do tênis brasileiro, da América do Sul e promessas europeias devem competir primeiro na Vivo Tennis Cup antes de buscar espaço nos eventos como o ATP 500 do Rio de Janeiro, em fevereiro, e os sonhados Jogos Olímpicos no mês de agosto.
 
Programação
Os apaixonados por tênis que estiverem na Cidade Maravilhosa durante o período de competição, poderão acompanhar gratuitamente os jogos da Vivo Tennis Cup, desde os jogos do qualifying que acontecem no sábado e domingo, dias 16 e 17, e também todos os confrontos da chave principal de simples e duplas que contará com rodada noturna entre segunda e sexta-feira com grandes jogos a partir das 18h e não antes das 19h.

Quem Joga
A lista de jogadores será anunciada na primeira semana de janeiro com os 22 primeiros nomes mais bem ranqueados para a chave principal. Durante os primeiros dias de janeiro, quatro tenistas serão premiados pela organização com wild card (convite). O tenista João Souza, o Feijão, radicado no Rio de Janeiro, já antecipou que irá disputar a Vivo Tennis Cup.

Sobre o circuito ATP Challenger Tour
Porta de entrada para os torneios ATP Tour, o circuito ATP Challenger já revelou várias estrelas da modalidade. Todos os tenistas tops da atualidade passaram pelo circuito Challenger. É conhecida a história de Gustavo Kuerten, que na semana anterior ao seu primeiro título de Roland Garros, venceu um Challenger no Brasil, além de Thomaz Bellucci, top 40 do mundo, que venceu oito títulos desta categoria na carreira. Medalhista de ouro olímpico e campeão de dois Grand Slams (US Open 2012 e Wimbledon 2013), Andy Murray foi campeão de dois títulos do ATP Challenger Tour em 2005. Um ano antes de erguer seu primeiro troféu de ATP, o número 1 do mundo, Novak Djokovic venceu o ATP Challenger de San Remo em 2005.

A Vivo Tennis Cup é patrocinada pela Vivo Através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e tem o copatrocínio da Estácio, Stella Artois e Furnas. O torneio tem apoio do Hotel Transamérica Prime Barra, Clube Marapendi e ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports.

---

VIVO TENNIS CUP
ATP Challenger - US$ 50 mil
Período: de 16 a 24 de janeiro de 2016
Local: Clube Marapendi
Endereço: Avenida das Américas, 3979 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro/RJ
Entrada Gratuita