NOTÍCIAS > São Paulo Challenger de Tênis 2017
29 de
Set de
2017
Orlando Luz celebra novo momento da carreira com wild card do São Paulo Challenger de Tênis
Às 15h03
Foto: João Pires/Fotojump

Com nova equipe técnica, tenista joga a chave principal em Campinas

Campinas – Após convites cedidos a André Ghem e Christian Oliveira, o Instituto Sports premia o jovem tenista Orlando Luz com uma nova oportunidade na chave principal da sétima edição do São Paulo Challenger de Tênis, apresentado pelo Aché por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte. O gaúcho, 19 anos, esteve ausente do circuito entre junho e início de setembro com problemas no ombro, mas está preparado para iniciar a semana com a sua nova equipe.

“Fiquei feliz com este presente da organização. Um convite que chega em um novo momento da minha carreira. Este é o meu primeiro ano jogando apenas entre os profissionais, o que é algo diferente. Saímos de várias vitórias para várias derrotas, e estou trabalhando duro para furar essa barreira de transição com a minha nova equipe de treinadores e preparadores”, disse Orlandinho, atualmente treinado pelo seu pai Orlando P. Luz e Marcos Vinicius Barbosa, o Bocão, em Balneário Camboriú (SC).

Os expressivos resultados no circuito juvenil fizeram com que Luz, ex-número 1 do mundo na categoria, lidasse cedo com grande expectativa do público brasileiro. Alguns tenistas de sua geração, como Alexander Zverev (#4 do ranking) e Denis Shapovalov (#52), por exemplo, já estão entre os melhores do mundo e surpreendendo nos ATPs e Grand Slams, enquanto Orlandinho está buscando seu espaço nos Futures e disputando alguns Challengers.

“Sempre soube que essa cobrança chegaria pela excelente carreira que tive no juvenil. Desde que tenho 14 anos as pessoas querem um novo Guga, mas acho que o brasileiro deveria valorizar mais os jogadores que temos, como Rogerinho (Dutra Silva), (Thomaz) Bellucci, (Thiago) Monteiro”, explica, citando como lida com as cobranças. “Quem me critica e cobra, observo e escuto, mas tenho que deixar isso passar porque essas pessoas não estão me ajudando em nada. Eu não jogo por fama, dinheiro ou recordes. Eu jogo porque gosto de tênis e valorizo as pessoas que acreditam em mim”.

Orlandinho enaltece a realização de eventos, como o ATP Challenger de Campinas. “Aqui você tem a certeza de ter o hotel garantido e toda estrutura que faz uma diferença muito grande para o jogador. Há duas semanas, joguei um Future na Argentina e não havia sequer transporte. Todos os dias eu pegava táxi, e quando chovia eu tinha que sair do clube e alugar uma quadra à parte em outro local. Havia o custo também de pagar hotel, que era distante do clube, e você só tem gastos o tempo todo. Aqui eu posso vir e jogar aliviado”, finaliza.

Quarto Wild Card, Sorteio e Estreia

O qualifying do São Paulo Challenger de Tênis começa neste sábado (30) com entrada gratuita na Sociedade Hípica. Nesta sexta-feira à noite, a organização irá realizar o sorteio da chave classificatória e definir o último nome convidado para a disputa da chave principal. A programação da rodada de estreia no sábado, prevista para ter início às 11h, será divulgada esta noite.

- São Paulo Challenger de Tênis
30/9 a 01/10 de outubro- Qualifying
02 a 08/10 de outubro - Chave Principal
Premiação: US$ 50 mil
Sociedade Hípica de Campinas
Rua Buruti s/n (Estrada de Souzas ) - Bairro das Palmeiras -
Campinas/ SP - Brasil

Sobre o Aché Laboratórios
O Aché é uma empresa 100% brasileira com mais de 50 anos de atuação no mercado farmacêutico que tem como propósito levar mais vida às pessoas onde quer que elas estejam. Conta com três complexos industriais: em Guarulhos (SP), São Paulo (SP) e Londrina (PR) e participação na Melcon do Brasil, no Laboratório Tiaraju e na Bionovis, joint-venture brasileira dedicada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos biotecnológicos. Emprega 4.600 colaboradores e possui uma das maiores forças de geração de demanda e de vendas do setor farmacêutico no Brasil. Para atender às necessidades dos profissionais da saúde e consumidores, o Aché oferece um portfólio com 326 marcas em 804 apresentações de medicamentos sob prescrição, genéricos e MIP (isentos de prescrição), além de atuar nos segmentos de dermocosméticos, nutracêuticos, probióticos e biológicos. Ao todo, são 142 classes terapêuticas e 25 especialidades médicas atendidas. Com a internacionalização, a empresa fechou acordo de exportação para 20 países das Américas, África e Ásia.
Em 2017, 2016 e 2015, o Aché ficou em 1º lugar na categoria Farmacêuticas e Ciências da Vida do prêmio Inovação Brasil do jornal Valor Econômico, em parceria com a consultoria Strategy&. Em 2017, pela 1ª vez, ficou entre as 10 empresas mais inovadoras do Brasil. Também em 2017, ficou em 1º lugar na categoria Farmacêutica no prêmio Época Negócios 360º – As Melhores Empresas do Brasil. Conquistou o 1º lugar na categoria Indústria Farmacêutica na 14ª edição do estudo Empresas que Mais Respeitam o Consumidor. Em 2017, 2016 e 2015, conquistou a 1ª colocação do setor no Prêmio Empresas Mais, pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela Fundação Instituto de Administração (FIA), ligada à Universidade de São Paulo.
-
O São Paulo Challenger de Tênis é apresentado pelo Aché por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, com o copatrocínio de Motorola, AccorHotels, Raizen, Azul – Transportadora Oficial, Public Broker, April, Alupar, Taesa, Hospital Vera Cruz, Frooty Açaí, Stella Artois e FlexForm – e apoio de EPTV, SporTV, Correio Popular, Radio Central, Nova FM, Sociedade Hípica de Campinas e ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports.