NOTÍCIAS > São Paulo Challenger de Tênis 2017
01 de
Out de
2017
Orlando e Sorgi em quadra nesta segunda, em Campinas
Às 15h17
Foto: João Pires/Fotojump

Jogos a partir das 12 horas têm entrada gratuita na Sociedade Hípica

A estreia da chave principal do São Paulo Challenger de Tênis é nesta segunda-feira, 02 de outubro nas quadras da Sociedade Hípica. Dois brasileiros já estão confirmados na abertura do torneio com premiação de US$ 50 mil, apresentado pelo Aché por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte: Orlando Luz e João Pedro Sorgi.

Representantes da nova geração do tênis nacional, Luz, 20 anos e Sorgi, 23, vivem momentos diferentes na carreira.

Orlandinho está há algum tempo fora das competições por problemas de saúde e busca recuperar ranking e ritmo de jogo. O adversário da estreia na quadra central João Lima, em jogo noturno a partir das 18h30, não vai facilitar em nada esse objetivo. Ex-top 100 com dois troféus de challenger na temporada, Andrej Martin será um forte oponente.

“Nos três anos que venho pra Campinas pego jogadores duros, mas a vontade, a garra é a mesma. Estou feliz de estar jogando na chave, da organização ter me dado esse convite e de jogar no Brasil. Estou preparado, fiz bons treinos aqui desde quinta, mas pra pegar ritmo, só jogando, tem que colocar a cara lá, mesmo não estando 100% preparado, mas sinto que estou em condições de fazer um bom jogo e se tudo der certo, de ganhar. E tem a torcida que sempre me motiva muito, me levanta bastante e espero que venham torcer, não só no meu jogo, mas no de todos os brasileiros e estrangeiros”, disse Luz lembrando dos tempos de juvenil quando sempre contou com apoio de toda a torcida campineira.

Sorgi, ao contrário de Luz, está em excelente momento. Desde o final de 2016 vem conseguindo bons resultados, grandes vitórias sobre jogadores como Leonardo Mayer, Victor Estrella, e em setembro desse ano atingiu seu melhor ranking, 251o da ATP. A estreia, às 12 horas, será contra o austríaco Michael Linzer, que nos últimos 10 dias ficou hospedado na casa dele em Sertãozinho, interior de São Paulo, treinando para o Challenger.

“ Ele é um jogador muito intenso, dedicado, concentrado, então espero um jogo bem disputado, porque nós conhecemos bem um ao outro. Esse quadrante da chave está bastante duro, com o Delbonis(Federico) como favorito, mas nesse nível de torneio só tem bons jogadores, você sempre vai ter que lutar em todos os jogos”.

A entrada na Sociedade Hípica de Campinas é gratuita para todos os jogos do São Paulo Challenger de Tênis.

Mais fotos disponíveis em flickr.com/institutosports

Programação de segunda-feira- 02/outubro

Quadra central João Lima

12h

Michael Linzer(AUT) x João P. Sorgi(BRA)

A seguir

Jose Pereira (BRA) [Q] x Tomas L.Puches (ARG) [Q]

A seguir

Daniel D.Silva (BRA) [LL] x Facundo Bagnis(ARG) [3]

Não antes de 18h30

M.Kestelboim/F.Mena(ARG/ARG) x M.Gonzalez/F.Neis (ARG/BRA)

A seguir

[WC] Orlando Luz(BRA) x Andrej Martin(SVK) [6]

Quadra 3

12h

Facundo Arguello(ARG) x Bruno Sant’Anna(BRA)

A seguir

Federico Coria(ARG) x Pedro Sakamoto(BRA) [Q]

A seguir

Giner/M.Vilella Martinez(ESP/ESP) x G.Clezar/A.Collarini(BRA/ARG)

São Paulo Challenger de Tênis

30/9 a 01/10 de outubro- Qualifying

02 a 08/10 de outubro - Chave Principal

Premiação: US$ 50 mil

Sociedade Hípica de Campinas

Rua Buruti s/n (Estrada de Souzas ) - Bairro das Palmeiras - Campinas/ SP - Brasil

Sobre o Aché Laboratórios

O Aché é uma empresa 100% brasileira com mais de 50 anos de atuação no mercado farmacêutico que tem como propósito levar mais vida às pessoas onde quer que elas estejam. Conta com três complexos industriais: em Guarulhos (SP), São Paulo (SP) e Londrina (PR) e participação na Melcon do Brasil, no Laboratório Tiaraju e na Bionovis, joint-venture brasileira dedicada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos biotecnológicos. Emprega 4.600 colaboradores e possui uma das maiores forças de geração de demanda e de vendas do setor farmacêutico no Brasil. Para atender às necessidades dos profissionais da saúde e consumidores, o Aché oferece um portfólio com 326 marcas em 804 apresentações de medicamentos sob prescrição, genéricos e MIP (isentos de prescrição), além de atuar nos segmentos de dermocosméticos, nutracêuticos, probióticos e biológicos. Ao todo, são 142 classes terapêuticas e 25 especialidades médicas atendidas. Com a internacionalização, a empresa fechou acordo de exportação para 20 países das Américas, África e Ásia.

Em 2017, 2016 e 2015, o Aché ficou em 1º lugar na categoria Farmacêuticas e Ciências da Vida do prêmio Inovação Brasil do jornal Valor Econômico, em parceria com a consultoria Strategy&. Em 2017, pela 1ª vez, ficou entre as 10 empresas mais inovadoras do Brasil. Também em 2017, ficou em 1º lugar na categoria Farmacêutica no prêmio Época Negócios 360º – As Melhores Empresas do Brasil. Conquistou o 1º lugar na categoria Indústria Farmacêutica na 14ª edição do estudo Empresas que Mais Respeitam o Consumidor. Em 2017, 2016 e 2015, conquistou a 1ª colocação do setor no Prêmio Empresas Mais, pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela Fundação Instituto de Administração (FIA), ligada à Universidade de São Paulo.

- O São Paulo Challenger de Tênis é apresentado pelo Aché por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, com o copatrocínio de Motorola, AccorHotels, Raizen, Azul – Transportadora Oficial, Public Broker, April, Alupar, Taesa, Hospital Vera Cruz, Frooty Açaí, Stella Artois e FlexForm – e apoio de EPTV, SporTV, Correio Popular, Radio Central, Nova FM, Sociedade Hípica de Campinas e ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports.