NOTÍCIAS > Campeonato Internacional de Tênis de Campinas 2012
18 de
Set de
2012
Embalado, Dutra Silva estreia com vitória no Campeonato Int. de Tênis, apresentado pela Tetra Pak
Às 18h05
Foto: ©João Pires

Confrontos entre brasileiros garantem três tenistas do país nas quartas de final

Embalado pela vitória na Copa Davis contra a Rússia, Rogério Dutra e Silva estreou com vitória no Campeonato Internacional de Tênis de Campinas, apresentado pela Tetra Pak, com premiação de US$ 50 mil e que soma pontos no ranking mundial. Diante de uma torcida empolgada , o brasileiro número 2 do Brasil sentiu o cansaço da maratona de jogos na Davis, mas mesmo não apresentando seu melhor jogo, soube vencer o argentino Andres Molteni por 1/6 6/3 6/3.

“Jogar logo depois da Davis, sem muito descanso nem tempo para se adaptar é difícil. Foi uma vitória da raça, porque  aqui a quadra está mais rápida, a bolinha é outra, ganhei como pude, mesmo não apresentando um bom tênis. Agora é treinar para se adaptar mais rápido para a próxima partida”, explicou Dutra Silva que enfrentará já nesta quarta-feira, em busca de vaga nas quartas de final, Leonardo Kirche.

“É um jogo duro, ele treinou a semana toda com agente na Davis, vem crescendo e alcançando bons resultados nesse ano, vai ser difícil”, completou Rogerinho.

Thiago Alves, cabeça 3 do torneio também teve um jogo duro na estreia contra Diego Schwartzman(ARG), vencendo por 7/6(2) 7/5 e volta ajogar nesta quarta-feira e disputa outra  vaga entre os oito finalistas contra Guilherme Clezar.

O terceiro jogo entre brasileiros reunirá o campineiro Ricardo Mello e o gaúcho André Ghem.

“Vai ser outro jogo difícil, o Ghem gosta de jogar no saibro, está jogando bem, vamos ver”, comentou Mello que leva vantagem nos confrontos, com duas vitórias contra uma derrota.

O russo Alex Bogomolov Jr, principal favorito ao título do torneio venceu com tranquilidade o juvenil convidado Enrique Bogo por 6/1 6/3.

Completam a programação de amanhã as partidas entre o campeão de 2011  Maximo Gonzalez e o português Gastão Elias e o duelo argentino de Martin Alund e Diego Junqueira.